Sobre o tão temido VISTO!

terça-feira, 28 de junho de 2011

Oi gente!

Acabei de chegar de Recife, e vim logo postar pra não perder a coragem!
O meu visto estava agendado pra hoje cedo, mas como eu precisava pagar a taxa consular, tive que ir pra lá ontem, já que aqui em Natal não tem Citibank, e essa taxa só pode ser paga nesse banco específico.

Saí daqui de Natal às 7h e cheguei em Recife por volta das 12h. Não foi difícil achar o hotel. À tarde fui ao banco pagar a taxa consular. Segui a dica do pessoal da comunidade de Recife no Orkut, que me disse pra escolher a agência do Recife Antigo, porque eu já poderia aproveitar a oportunidade pra fazer um turismo na área. Pois bem, depois de pagar a tal taxa fui dar uma voltinha a pé pelo centro histórico, vi o Marco Zero, a Sinagoga e várias outras coisas legais.


Depois voltei pro hotel, que por sinal é um prédio da década de 1930 muitíssimo bem conservado. Tem até aqueles elevadores antigões que tem uma grade. Dá muito medo de andar nele, ainda mais quando o ascensorista faz questão de ficar lhe lembrando que o danado do elevador tem mais de 80 anos.

Hoje de manhã acordei cedinho, me arrumei, tomei café e fui caminhando pro consulado (é perto do hotel em que eu fiquei), munida da minha pastinha de documentos. Não tinha fila, só umas três ou quatro pessoas na porta, mais os funcionários. Um deles me pediu pra separar a confirmação do DS-160, a taxa SEVIS, o DS-2019 e a foto 5x7. Daí ele me falou: "escreva B-1 aí no seu DS-160, ao lado do código de barras". Só que eu, menina muito sagaz, respondi: "moço, mas o meu visto não é B-1, é J-1". aí ele me mandou escrever J-1. Portanto, pessoas: prestem muita atenção nisso! Um funcionário despreparado poderia ter feito as coisas não darem certo.



Daí eu entrei no consulado, passei pelo raio-x (não levei bolsa, celular, relógio, nada, só a pasta com os documentos), entreguei o comprovante de pagamento da taxa consular, os documentos que eu já havia separado antes de entrar mais o passaporte, recebi a senha e fui esperar lá nas cadeirinhas de plástico.

Depois de um tempo o carinha nos chamou pelas senhas e fomos esperar lá dentro. Primeiro fui chamada pra colher as impressões digitais, e depois para a entrevista mesmo. Agora senta que lá vem a história a parte mais emocionante.

Primeiramente, PÁRA TUDO BRASIL! Que cônsul divo era aquele? Gente, ele era muito lindo, sério. Eu casaria com ele amanhã, se ele quisesse. Mas enfim, vamos aos fatos:

Cônsul: Amanda Caroline, é isso?
Eu: É isso :)
C: Para onde você está indo?
E: Seattle, Washington.
C: (a partir de agora, tudo em inglês) Quão bom é seu inglês?
E: Hã? (eu sempre fico meio retardada quando mudam de um idioma pra outro repentinamente)
C: Quão bom é eu inglês?
E: Mais ou menos.
C: Porque você quer ir para os EUA ser au pair?
E: Porque eu estudo Língua Inglesa e Literaturas na UFRN (eu ia continuar dizendo que precisava melhorar o inglês por causa da minha carreira e tal, mas ele me interrompeu)
C: Você estuda o quê?
E: Língua Inglesa e Literaturas.
C: O que você lê no seu curso?

PÁRA TUDO DE NOVO BRASIL! Sério, nessa hora eu fiquei fazendo uma cara de "Hã?!" e nem respondi nada. Gente, qual foi a dessa pergunta? Eu estava preparada pra responder todas aquelas coisas que eles perguntam, tipo o que seus pais fazem, você trabalha, como é sua host family, coisa e tal. Daí o cara vem e pergunta o que eu leio na faculdade! Eu esperava que ele me perguntasse qualquer coisa, menos isso! Eu desconfio seriamente que colocaram dorgas no café do cônsul, porque essa foi a pergunta mais nada a ver que ele poderia ter me feito. Foi tão nada a ver que me deu até nervoso, eu que estava calma até então. Fui tentando lembrar umas coisas que a gente leu esse semestre. Segue o meu diálogo com o cônsul divo:

E: (Não disse nada, fiquei com cara de paisagem diante da pergunta sem noção dele.)
C: Dê alguns exemplos de livros de literatura que você leu no seu curso.
E: Hmm, a gente leu Robinson Crusoe e Moll Flanders, de Daniel Defoe, e também alguns contos, como de Virginia Woolf, por exemplo...
C: Aah, legal. Você leu hduhduiejdnsajkhie de Virginia Woolf?
E: Não, ainda não (mesmo se tivesse lido eu não iria saber, nem entendi o que ele disse)
C: Qual a sua experiência com crianças?
E: Eu trabalhei por um ano como professora de inglês numa creche, pra crianças de 4 e 5 anos.
C: Bom, Amanda, seu visto foi concedido. Agora você tem que ir ali pagar a taxa do Sedex.
E: Só isso?
C: Só isso.
E: Obrigada.

Pronto, gente, foi isso. Ele não pediu pra ver nenhum documento, não perguntou nada sobre meus pais, minha host family, nadinha. Saí de lá com as pernas bambas! Paguei o Sedex, voltei pro hotel, troquei de roupa, arrumei minha mochila e fui dar mais uma volta no Recife Antigo. Pra uma pessoa que não ia a Recife há anos (e nas vezes em que fui, estava de carro com a família), eu me virei muitíssimo bem! Fui pra todos os lugares usando transporte público, sozinha, sem errar e sem me perder! Olha eu aí embaixo dando rolé:

#foreveralone no Marco Zero
Depois peguei minhas tralhas e fui pegar o metrô pra rodoviária. Demorei umas quatro horas e meia pra chegar em Natal. Estou morta de cansada, mas muito feliz! É uma sensação muito boa! É de verdade MESMO, eu estou indo para os EUA! Não falta mais nada, só arrumar tudo e ir! Não é incrível?

That's all, folks! Beijo pra vocês!

6 Comentários:

Carol Salgueiro disse...

NOSSA, que pergunta mais wtf.
Parabéns, Amanda!
É você nuzunidos. :)

Raquel disse...

Eu sabiaa que você ia conseguir!!
Congrats!!
Te espero aqui :**

Mandy Anita disse...

Hurummmmm\o/\o/
Bora arrumar as malas...
Bjão

Faby disse...

PARABENSSSSSSSSSSSS!!!! \O/
Ja começou a turistar!!! hauuhahua

Ai mulher eu ia adorar conhecer recife, mas o marido da minha prima tava com a macaca e nao saiu pra canto nenhum.. ai nem conheci nada.. =(

Arruma as malas e vai me encontrar!!! \o/

bjs

Mona disse...

aeeev....q bommmmm!!! veio na minha terra, ficou com sorte! hahuaehuaeuhaehuaeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeee...parabens!

Dominique disse...

Nossa amanda... To mega feliz por vc... Não vejo a hora de tbm ter meu visto =) Agora sim vc pode dizer que é uma Au Pair... Parabéns!
Bjos

 
Amanda no Mundo © Copyright | Template By Mundo Blogger |